domingo, 7 de maio de 2006

Mil beijinhos... querida mamã

MÃE...
Não me recordo se foi a primeira palavra que pronunciei...
Mas sei...
Que será a última que esquecerei.

Ao dares à luz teus filhos, a ti te deste para sempre
E a tua vida dedicaste a lutar por nosso bem-estar...
Ninguém duvide...
Montanhas levantarás para nos ajudar.

Para nós, MÃE amiga,
És a luz do farol...
Que nas tempestades nos indica nosso porto de abrigo...
És o sol...
Que nossas vidas aquece e nossos sonhos ilumina.

Para ti... nós,
De melhor sempre somos capazes...
Não há limites...
E tu... sempre lá estás...
Para nos dar a mão nas subidas mais íngremes.

Guiaste nossos primeiros passos...
Ajudaste-nos a crescer... e não apenas em centrímetros...
Ensinaste-nos a voar...
Mas sabemos... nunca nos largarás sós no mundo...
Serás sempre a estrela...
Que nesta Terra guia... nosso caminho viajante...
Tua voz...
Estará sempre presente... nos desertos que a vida nos apresente...
E teu amor...
Qual bálsamo milagroso... estará sempre disponível para curar nossas feridas...

O barómetro de nossas vidas... em teus olhos encontramos...
Com nosso sofrimento... choram...
Com nossa felicidade... deles luz irradias.

Tens a flexibilidade de um junco...
E a força de um carvalho...
Por nós... vergas... se fôr preciso,
Por nós...
Logo te levantas e reforças tuas raízes...

És o passaporte de nossa vida...
A nossa rosa que nunca murcha...
O leito de nosso rio...
O aprendizado do respeito e do amor...
E permaneces...
Uma referência privilegiada neste mundo...
Onde tantas vezes é difícil de viver.

Hoje...
Compreendo o que a palavra...MÃE
Realmente significa...
Hoje...
Compreendo a importância...
De não apenas sentir...
Mas de também dizer...

"Amo-te mamã... és para mim a melhor MÃE do mundo..."

Todos os dias...
Toda a tua vida...

8 comentários:

terragel disse...

QUERIDA VISIBLE, as mães são felizes porque fazem o possível e aceitam o impossível. Elas nos defendem sem almejar passarelas ou reconhecimentos futuros, nos amam sem querer o estrelato, sem almejar o eterno. Elas nos pensam ao extremo, buscam lá dentro o que nos mobilizam, instingam e conduzem, exigindo-se desumanamente, muitas das vezes.
Elas merecem todo o nosso amor.
Muitos beijos pra ti, pois tu és mãe, e antecipado PARABENS MAMAE.

Shiazinha@pensar.ou.@iludir-se... :-)* disse...

Olá Querida Visible ;)

Adorei este texto! Uma Lindíssima Homenagem à tua Mãe que deve ser uma pessoa fora de série. Uma Mãe é uma pessoa que nos ama sem pedir nada em troca, nos aceita como somos... nos conduz nesta Vida Complexa e a simplifica para nós sempre que pode. Nem sempre é fácil ser-se Mãe, pois por vezes os filhos não reconhecem o esforço desmedido que elas fazem por eles. No entanto, bem dentro de nós está gravada a Verdade mais Universal de sempre: "Não existe AMOR MAIS PURO do que o de uma Mãe pelo seu filho".

Boa Semana, Amiga. Este texto tocou-me bem cá dentro! :D** grdes.

Joca disse...

Uma excelente e bonita forma de fazer sorrir a pessoa mais importante da nossa vida...
Muito bonito...
Um beijo de boa tarde....

Å®t_Øf_£övë disse...

Visible,
As Mães dão-nos a vida... mas não a podem viver por nós, só nos podem mostrar os caminhos... mas não podem estar neles para nos liderar.
Podem levar-nos à Igreja... mas não podem fazer com que tenhamos fé.
Podem mostrar-nos a diferença
entre o certo e o errado... mas não podem decidir por nós.
Podem comprar-nos roupas bonitas... mas não podem fazer-nos bonitos.
Podem dar-nos conselhos... mas não podem fazer com que a gente os siga.
Podem dar-nos amor... mas não podem impô-lo.
Podem ensinar-nos a compartilhar... mas não podem fazer-nos generosos.
Podem ensinar-nos a respeitar... mas não podem forçar-nos a ser respeitosos.
Podem aconselhar-nos sobre os amigos... mas não podem escolhê-los por nós.
Podem alertar-nos sobre sexo seguro... mas não o podem manter puro.
Podem informar-nos sobre o álcool e as drogas... mas não podem dizer "não" por nós.
Podem falar-nos sobre o sucesso... mas não podem alcançá-lo por nós.
Podem rezar por nós... mas não podem impor-nos a religião.
Podem falar-nos da vida... mas não podem dar-nos a vida eterna.
Só nos podem dar o seu amor incondicional por toda a nossa existência...
E isso, tenho a certeza, elas farão por nós!!!
Beijinhos.

Joca disse...

um beijo de boa tarde....

Å®t_Øf_£övë disse...

Visible,
Há muito tempo que não passava por cá, por isso vim hoje ver se encontrava algo novo, como continua tudo na mesma, deixo-te um beijinho de boa noite.

Dulcineia disse...

Olá...
Finalmente uma visita...
Temos andado muito distraídas...distantes...perguiçosas...
Quando voltares a esta região avisa.Podemos trocar telefones e provar as cerejas...

Porquê? disse...

Querida amiga,
claro que estás desculpada. Eu sei que tu és uma das poucas amigas que me visitam regularmente.
Compreendo a falta de tempo, só tenho pena pois gosto muito de ler os teus comentários sempre tão carinhosos e maduros!!!
Sim, o meu texto é apenas uma reflexão, não transmite o meu estado de alma neste momento. Felizmente já recuperei da péssima crise que atravessei recentemente e posso garantir-te que me sinto muito bem acompanhada.
Espero que também tu estejas bem e que o teu "silence" seja apenas uma consequência da vida alucinada que vivemos....
Estou sempre atenta ao teu cantinho mas a partir de hoje, com a tua promessa, estarei mais ainda!
Eu também sinto a falta das nossas "conversas"!
Um grande beijo,
bom S.João (para mim, por motivos familiares infelizmente não é noite de festa) e boa semana!!!!
até breve amiga!

Enviar um comentário