sexta-feira, 16 de setembro de 2005

No silêncio do amor

Hoje, acordei com um beijo teu...
É tão bom quando isso acontece!!!
Saíste...
Deixei-me ficar, ensonada, na cama vazia... a ouvir o silêncio que se sentia.
No ar... o teu perfume.
Virei-me...puxei a tua almofada para junto de mim...
Abracei-a...moldei-a ao meu corpo.
Senti o teu cheiro...
Fechei os olhos, embalada pelas recordações adormeci.

A meio da tarde, as saudades apertaram...
Enviei-te uma mensagem...
"Amor, tenho saudades tuas".
Segui o dia a pensar em ti... estarias a pensar em mim?

Ao fim da tarde...
Encontrei-te deitado, a luz ténue e dourada do sol cobria o teu corpo...
Tal como tu gostas.
Dormias tranquilo e eu, em surdina, deitei-me a teu lado...
Fechei os olhos e no compasso das nossas respirações adormeci.
Acordei... aninhavas-te nos meus braços...
Abracei-te...acariciei o teu cabelo.
Colaste o teu corpo ao meu... beijaste-me.
Senti o calor do teu corpo no meu...
Entregámo-nos sem pressas... como se fosse a primeira vez que o fazíamos, mas com um mútuo conhecimento que na altura não possuíamos.
No silêncio do fim do dia...
Só o ardor do amor se ouvia.
Esgotados de prazer... ficámos ali... abraçados... a ver o fim de mais um dia.
Amor... acredita... amanhã vai ser melhor ainda.

Obrigada Amor... por seres quem és... por me amares assim como sou... por quereres ser feliz comigo.

10 comentários:

AS disse...

Momentos de partilha e cumplicidade transpostos para um texto belo e intimista! Gostei muito!...

Um beijo

almaqueabsorveaslagrimas disse...

:) que belo texto
Gostei muito
Gosto da forma como falas na partilha e cumplicidade que tens pelo teu amado.. ficou lindo o texto :D

beijinho ****

pensamentos disse...

Oi,

Bonito poema de amor...

Bonito silêncio depois de um beijo de bom dia...

Bom fim de semana,
Beijinho

Salatia disse...

Uma bonita partilha, gostei...

Produto do Amor disse...

Obrigada pelo link, mas não era necessário.
Continua a amar assim.

anacanela disse...

estas são as entregas incondicionais que o amor nos grita! são essas entregas que nos fazem dar mais, sentir mais, mais perto! porque quando é assim no "silencio do amor" não há espaço para mais nada, só para a cumplicidade sob a pele e felicidade sobre nós**

Estrela do mar disse...

...venho retribuir a tua visita ao meu espaço...as tuas doces palavras e dar-te a conhecer o meu outro blog, se quiseres passa por lá...


www.keres1dica.blogspot.com

Beijinhos.

terragel disse...

Gosto de te ler, porque te sinto aqui pertinho jogando toda essa carga espetacular sentimental em cima de mim, entortando todo o meu emocional. Tu falas das paixões como ninguém, as vezes acho que tu és a própria paixão.
Feliz será o homem que tiver a sorte de ser amado por ti.
Bjs

Paula Raposo disse...

Lindo!!

Å®t_Øf_£övë disse...

Visible Silence,
Não há nada como ter sonhos de amor no silêncio do fim do dia...
Bjos.

Enviar um comentário